Conflito de gerações: Como aprender a lidar com as diferenças

No ambiente familiar onde convivem pessoas de várias idades há, muitas vezes, um grande dilema.

Pessoas com mais idade, que já vivenciaram inúmeras situações e que possuem uma certa experiência de vida têm, em alguns momentos, certa dificuldade em compreender a realidade do mundo atual.

E os mais jovens necessitam de liberdade para construir suas experiências e, por vezes, não concordam com os posicionamentos das pessoas mais velhas . E com isso, surgem os conflitos entre gerações.  

Apesar das divergências de opiniões entre pessoas de diferentes idades na família, é possível aprender a lidar com essas diferenças de maneira positiva. E neste artigo iremos abordar esse assunto.

 

Cada geração convive com uma realidade diferente

A empresa americana Nature Valley, desenvolveu um vídeo, em que fez a seguinte pergunta para 3 gerações avós, pais e filhos:

“Quando você era criança, o que fazia para se divertir?”

Os avós compartilharam que costumavam plantar e colher frutas, desenvolver brincadeiras a partir de objetos encontrados na rua, ou brincar próximo ao lago.

Os pais mencionaram suas brincadeiras como corrida, jogos e outros esportes praticados juntos com os amigos.

Os filhos, por sua vez, compartilharam que suas brincadeiras favoritas eram jogar videogames, ver vídeos, usar o celular, participar de bate papos e enviar e-mails.

No vídeo podemos perceber as diferenças entre as gerações. E o resultado final é bastante interessante, pois avós, pais e filhos conseguiram superar as diferenças e encontrar juntos uma forma de tornar os relacionamentos mais positivos. Essa atitude é fundamental para minimizar os conflitos entre as gerações.

Link para o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=TDcgGPMaviM

 

Mas como superar os conflitos e conviver com realidades tão diferentes?

Como mencionado no vídeo ou mesmo em nosso dia a dia, é possível perceber que cada geração vivencia realidades diferentes. No entanto, para superar os conflitos, é essencial estar disposto a dialogar e desenvolver a flexibilidade. As diferenças entre gerações, quando encaradas de forma positiva, podem ajudar a reduzir as dificuldades que cada um possui.

 

Troque experiências

As gerações atuais possuem mais informação, mas pouca experiência de vida. E ainda estão desenvolvendo o seu conhecimento e o pensamento crítico sobre os assuntos. As gerações mais antigas podem contribuir com os jovens trocando experiências, dando-lhes conselhos e dicas de situações que funcionaram ou não em suas vidas, já que possuem uma maior vivência.

As gerações antigas possuem mais maturidade e conhecimento, mas também podem aprender muito com os jovens.

Além de aprenderem a usar as novas tecnologias, é possível aprender a ter uma visão mais ampla do mundo, entender conceitos como diversidade, sustentabilidade, globalização e outros tantos assuntos presentes na atualidade.

 

Procure encontrar atividades em comum

Nem sempre é fácil encontrar algo em comum entre pessoas de diferentes idades. Mas lembre-se, é fundamental ser flexível!

Por exemplo, seu filho não gosta de atividades ao ar livre? Planeje para irem juntos ao cinema ou assistam juntos aquela série que seu filho tanto gosta. E combinem para que no próximo passeio ou momento entre você ele, a programação seja relacionada com algo que você goste. Assim é possível atender e satisfazer a vontade e as expectativas dos dois lados.

Esse é um processo gradual, que deve ser adaptado de acordo com a realidade em que você vive e demanda dedicação de todas as partes. Com empenho é possível tornar os relacionamentos mais enriquecedores.

 

Mantenha sempre uma boa comunicação

Para conseguir lidar com as diferenças é fundamental sempre manter um bom diálogo. Opiniões divergentes não são opiniões erradas. Cada pessoa tem a sua forma de agir e de pensar.

Os membros da família, mesmo os mais jovens, também devem ser incluídos nas conversas. Procure expor seu ponto de vista e esteja disposto a ouvir o ponto de vista da outra pessoa.

 

Reconheça as atitudes positivas

Algo que prejudica os relacionamentos familiares é sempre apontar as falhas do outro. Essa atitude pode trazer efeitos negativos e faz com que as pessoas se afastem umas das outras.

Por isso, procure não focar nas falhas do outro, mas mantenha um diálogo e mostre melhores atitudes que podem ser adotadas.

Sempre que possível procure também elogiar as atitudes saudáveis que outra pessoa tiver. Os estímulos são fundamentais para criar um ambiente mais agradável.

Os conflitos entre gerações podem ser um grande desafio para muitas famílias. Mas como você pode acompanhar nessa leitura, trocar experiências, manter uma boa comunicação e reconhecer as boas atitudes podem ajudar a minimizar os conflitos e tornar o relacionamento familiar mais positivo.

“Olá, muito prazer eu sou Jussara Estela Arthuso, Psicóloga e sou a responsável pelo Espaço Entre Olhares.

Nosso objetivo é acolher e transformar a vida de cada uma das pessoas que buscam os serviços citados na Página Para Você aqui do site.

Os artigos publicados aqui, ajudarão você na melhoria da qualidade dos relacionamentos e espero que as minhas palavras possam te trazer o conforto e as soluções que você busca.

Se você gostou ou mesmo se ficou com alguma dúvida, aproveite para deixar o seu comentário no Fale Comigo, aqui na página”

  

 

WhatsApp chat