No próximo domingo (15), teremos eleições para Prefeito e Vereadores nos municípios do Brasil. Será um momento importante para escolher as pessoas que representarão as nossas necessidades, como acesso à saúde, educação, segurança pública, preservação do meio ambiente e outras, que impactam nossa vida diária. 

Essa escolha precisa ser a mais consciente possível já que, o processo democrático através do nosso voto, define quem fará a gestão e o acompanhamento de diretrizes e recursos financeiros que trarão benefícios para seu bairro e cidade.

Por isso, hoje, eu te convido a refletir um pouco mais sobre como nossas decisões impactam nossas vidas tanto no  privado como no coletivo. Confira! 

Bom, o primeiro passo para essa nossa conversa é entender o quanto nossas escolhas podem afetar o outro e o ambiente em que vivemos. Nem sempre a gente se dá conta disso, não é mesmo? 

Escolher os candidatos que te representarão implica saber suas propostas e como foi a trajetória deles no decorrer da vida. Você parou para refletir quais estão aptos para exercer o poder que interferirá em seu dia a dia?

Muitas vezes deixamos nossos interesses pessoais falarem mais alto. Compreenda que não existe absolutamente nada de errado em buscar a realização dos seus objetivos. Afinal, buscar o melhor é parte do processo pessoal.

No entanto, precisamos encontrar o equilíbrio entre necessidades individuais e coletivas, pois o seu voto influenciará outras pessoas, a comunidade e nosso planeta.

Esse agir consciente é fruto de análise crítica, maturidade, amor ao próximo e principalmente, a compreensão de que não somos uma ilha!

O que é voto consciente? 

No período eleitoral, com certeza, uma das frases mais ditas em campanha é: “vote consciente”. O que realmente é votar de forma consciente? 

Quando falamos sobre uma escolha feita de forma consciente estamos nos referindo a postura de observação, crítica e reflexão das propostas dos candidatos, colhidas em fontes confiáveis e analisadas de forma atenta.

Segundo Leandro Karnal a boa política existe onde há eleitores conscientes. Ele adverte que: “a ação democrática não é a perfeição do mundo; o paraíso. É evitar o inferno”. Ou seja, propicia que as diferenças sejam dialogadas no espaço público.

ELEIÇÃO: “É na cidade que se sente o poder” | Leandro Karnal

É importante que cada um seja capaz de  desapegar das vantagens pessoais ou dos vínculos afetivos. Nosso papel é analisar de forma realista para escolher o melhor rumo para nossa cidade.

O que minha comunidade precisa? O que esse candidato poderá nos oferecer? Quais melhorias serão desenvolvidas? Qual é o histórico dessa pessoa que pretende nos representar? 

Conhecer um pouco sobre os processos políticos poderá te ajudar nessa missão. Compreenda os cargos e funções que estão em votação. Saiba as propostas  e a forma de acompanhar a efetivação das mesmas. 

Ainda que a política não seja sua “paixão” lembre-se:  todo conhecimento adquirido te levará adiante. Te fará evoluir e cooperar para a melhoria da qualidade de vida dos moradores da região.

Portanto, que tenhamos um espírito solidário e de co-responsabilidade.

Que o dia 15 de novembro seja a grande oportunidade para você e eu efetivarmos a decisão por um Projeto Político Social envolvido, de fato, com um  viver  mais cooperativo, que proteja a natureza e valorize as pessoas independente do credo, raça e condição econômica.

Um forte abraço, 

Espaço Entre Olhares (031) 98814-7288

Leia também: É preciso ter coragem nos momentos difíceis

WhatsApp chat