O mundo em que vivemos está cada vez mais acelerado e exigente. Alcançar o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal nesse contexto é um grande desafio. Às vezes, estamos tão imersos na rotina corrida que só nos damos conta dos seus malefícios quando aparecem sintomas como a queda da produtividade, a irritabilidade, a insônia e outros.

Vamos refletir mais sobre o assunto? Acompanhe o Blog de hoje.  

A celeridade do tempo no dia a dia tem incomodado a muitos cada vez mais. 

Já falei aqui mais de uma vez sobre como as rotinas sobrecarregadas são tão comuns quanto são prejudiciais. O mercado de trabalho cada dia mais exigente e altamente competitivo gera escassez de tempo e deixa mais distante o sonho do equilíbrio que tanto buscamos. 

Com o novo modelo home office, realidade de muitos, desvincular o profissional do pessoal ficou ainda mais difícil. Você consegue dizer onde um termina e o outro começa no seu dia? Ao mesmo tempo que resolvemos demandas pessoais durante o trabalho, estendemos a jornada profissional pela cobrança da alta produtividade. 

Antes de tudo ficar tão “online” era mais fácil praticar esse equilíbrio. Para as pessoas com empregos formais em horários comerciais, o relógio de ponto marcava o fim da jornada, como uma transição para assumir a vida pessoal. 

Hoje, essa não é a realidade. 

Por um lado, a flexibilidade nos proporciona a conciliação das tarefas, mas por outro, temos o estresse, a sobrecarga e muitas vezes o sentimento de não fazer nada direito, como realmente gostaríamos.

Então o sonhado equilíbrio entre o pessoal e o profissional está em se dedicar em tempo distinto a cada uma das múltiplas funções na vida. Manter a eficiência nos seus projetos de carreira e conseguir aproveitar de verdade o tempo em família, os lazeres, a vida social e principalmente o tempo consigo mesmo, é um imenso desafio!

Precisamos aprender a estabelecer limites entre as necessidades cotidianas. Para isso, algumas práticas são fundamentais: 

Deixe o trabalho no trabalho 

Ainda que esteja home office, quando acabar o expediente, sempre que possível desligue o computador e sua mente das demandas profissionais. 

Confundir a vivência de emoções advindas das interações familiares com as do trabalho depois de um dia estressante só irá contaminar a perspectiva de relacionar-se de maneira alegre, leve e enriquecedora com a família. Desenvolva a capacidade de organizar emoções, evitando trazer o clima pesado após findar tarefas profissionais e vice-versa.

Escolha outros assuntos para conversar com a sua família e dedique um tempo a eles e a você. 

Lembre-se que organização é fundamental 

A precária gestão do seu tempo também pode atrapalhar ainda mais suas atividades diárias, fazendo com que o dia pareça mais curto. 

Opte por manter uma agenda organizada. Isso é essencial para ter tempo de realizar todas as incumbências da rotina, aproveitando o máximo das horas disponíveis. 

Esteja inteiro em cada momento

Procure manter o foco no que está fazendo no momento. Se está com a família, deixe o celular de lado. Abandone o virtual e curta a presença. 

Proteja sempre esse seu tempo livre, evite sempre que possível marcar compromissos profissionais para esses momentos. Ainda que pareça que isso irá acelerar sua carreira também trará perdas importantes nos relacionamentos. E como eu tenho constatado, com tristeza, aqui no consultório, o sofrimento emocional de crianças e adolescentes por este motivo.

Pratique o autoconhecimento

Para que você consiga estabelecer limites e encontrar equilíbrio em sua vida, o passo mais importante é se conhecer. 

É fundamental ter tempo com a família e com quem amamos, mas é ainda mais essencial ter um tempo com você mesmo. Faça coisas que gosta e tenha sempre atenção aos seus sinais. 

O que você deve procurar é o equilíbrio entre as duas coisas. Assim você terá mais qualidade de vida. 

E lembre-se que desenvolver esse equilíbrio é um hábito que como qualquer outro precisa ser desenvolvido. Então, pratique! 

Um forte abraço, 

Espaço Entre Olhares (031) 98814-7288

Leia também: As consequências negativas do excesso de aceleração

WhatsApp chat