Algum tempo atrás, falei aqui sobre como as manifestações artísticas são benéficas para a saúde. A arte é instrumento para viver com mais qualidade. Dentro do mesmo contexto, temos a escrita. Considerando suas diferentes modalidades e perspectivas, o ato de escrever pode trazer contribuições importantes para a prática psicoterapêutica e para a relação que o próprio escritor estabelece consigo mesmo. Esse é o tema do nosso Blog de hoje e para conferir é só continuar a leitura. 

Não se trata de habilidade, domínio total sobre a língua, gramática ou se tornar um escritor “profissional”, a reflexão da escrita é o questionamento sobre quais os possíveis desdobramentos do ato de escrever em nossas vidas, sobre o quanto conseguimos nos perceber, perceber o mundo ao nosso redor e nos expressar. 

A escrita pode ser um potente recurso para que possamos expressar nossas vivências e nossos sentimentos. Mas, o ato de escrever vai muito além disso, também é importante que levemos em conta a dimensão poética; isso é, a escrita enquanto lugar de construção, experimentação e ampliação dos nossos sentidos.

Em tempos de redes sociais com limites de caracteres, emojis e palavras encurtadas, escrever pode ser, inclusive, um exercício para o cérebro.

Escrever pode diminuir o estresse, melhorar o poder de concentração e aumentar a capacidade de memorização. A escrita ativa uma área cerebral que transforma ideias em significados e depois em palavras.

Escrever nos permite também exercitar a autocrítica. Reler e perceber o que escreveu há algum tempo nos faz reavaliar ações, sentimentos e planos.  Até porque, na maioria das vezes estamos tão preocupados em correr de um lado para o outro que nos esquecemos de perceber quem somos e o quanto mudamos ao longo do tempo. 

No espaço terapêutico, a escrita vem para ser um suporte de grande valor.. Conseguimos 

ampliar a percepção,  revisar ideias, debruçar nos desejos e sonhos, comportamentos, questionamentos e pensamentos. 

Assim como na terapia, ao escrever, podemos nos relacionar de uma maneira diferente com a linguagem: uma relação menos automática que desperta novas decisões, posicionamentos com as palavras, no qual significados, antes não tão claros, se tornam mais evidentes.

Agora meu convite para você é: essa semana, comece a escrever. Que seja sobre uma situação que passou, um sonho que deseja realizar, algo que queira dizer a alguém. Exercite seu cérebro, seu coração e instigue sua mente. 

Escrever o que há em seus pensamentos e emoções pode significar um primeiro passo para a realização. 

Um forte abraço, 

Espaço Entre Olhares (031) 98814-7288

Leia também: A importância de se conectar consigo mesmo

WhatsApp chat