Educar os filhos é sempre um grande desafio para os pais. Afinal, transmitir crenças e valores, considerando o jeito de ser de cada filho, não é tarefa fácil. Educar tem uma complexidade que tem deixado os pais perdidos. 

Ao passar por muitas transformações de mundo, a família também está se transformando, principalmente em relação ao papel que cada membro exerce na dinâmica familiar.

No artigo de hoje, falo um pouco sobre como você, pai ou mãe, pode aprender a lidar com os desafios diários do processo de educar, a fim de possibilitar o desenvolvimento saudável de seus filhos.  

Antes e depois da chegada dos filhos

Antes mesmo de termos filhos, acreditamos que seremos um determinado tipo de pais e de mães.

Mas depois que os filhos nascem, crescem e se tornam pessoas cada vez mais independentes e com personalidade própria, muitas coisas mudam.

Um dos principais desafios durante o processo de educação dos filhos é encontrar um equilíbrio entre o jeito de ser dos pais e o que idealizam para os filhos, e o jeito de ser e de agir dos filhos.

A importância do papel de liderança familiar

Há múltiplas formas de educar. Os pais não podem prescindir de seu lugar de autoridade e de referência para os filhos. Encontramos pais altamente permissivos, deixando que os filhos possam agir de forma indiscriminada. E encontramos pais que se apresentam extremamente rigorosos, impedindo que os filhos pensem e ajam com autonomia.

No entanto, como pais, é importante achar o meio termo entre as duas posições citadas acima. Têm situações que exigem uma postura firme dos pais, com imposição de limites. 

Outras situações possibilitam que os pais deixem que os filhos façam suas escolhas e arquem com elas. 

Exercer a função paterna e materna envolve responsabilidade, disponibilidade pessoal e sabedoria para se posicionar diante do processo de desenvolvimento de cada filho. 

“Os ensinamentos que precisamos manter são aqueles gerais, relacionados aos princípios e valores. Independentemente das mudanças que ocorreram no mundo, do estilo de vida que as crianças e jovens levam hoje, é preciso ensiná-los a ser honesto, ético, justo, respeitar o outro.” (Rosely Sayão).

Como impor limites aos filhos?

Um dos pontos principais para exercer a liderança familiar e educar de forma assertiva é saber impor limites.

Os filhos precisam respeitar os pais. Para que isso aconteça, estabeleça regras. E enfatize que existem algumas regras inegociáveis, como tomar banho, ter horários para as principais refeições diárias, fazer as tarefas da escola, guardar o que tirou do lugar, tratar com respeito os colegas, professores, familiares, entre outras.

Procure também sempre conversar. Seja franco em relação aos seus sentimentos e pensamentos. E esteja pronto a ouvir seus filhos, para que eles se sintam parte integrante da família.

Educar os filhos nem sempre é uma tarefa fácil! 

Apesar dos muitos  desafios entre pais e filhos, sempre é possível transformar e enriquecer os relacionamentos. As experiências de amor e respeito mútuo, favorecem a realização dessa jornada em família.

Paulo Freire afirma que: “Educar é um ato de amor, por isso um ato de coragem”. O amor e a coragem para ir além do conhecido, são essenciais para enfrentar os desafios que surgem. 

E lembre-se! Procure apoio profissional quando preciso for.

Aqui, no Espaço Entre Olhares Psicologia os serviços oferecidos vão desde a Colônia de Férias até o processo de desenvolvimento humano profundo,  como as psicoterapias. 

“Olá, muito prazer eu sou Jussara Estela Arthuso, Psicóloga e sou a responsável pelo Espaço Entre Olhares. Nosso objetivo é acolher e favorecer a transformação  na vida de cada uma das pessoas que buscam os serviços citados na Página Para Você aqui do site. Os artigos publicados aqui, ajudarão você na melhoria da qualidade dos relacionamentos e espero que as minhas palavras possam te trazer o conforto e as soluções que você busca. Se você gostou ou mesmo se ficou com alguma dúvida, aproveite para deixar o seu comentário no Fale Comigo, aqui na página”.

WhatsApp chat