Cada pessoa lida com as situações difíceis da vida de forma diferente. Nos períodos conturbados, em que costumamos nos sentirmos impotentes, rotineiramente nos perguntamos: “E agora, o que eu vou fazer?” 

Mas saiba que, por mais complexa que as situações possam ser, é possível seguir em frente!  

No artigo de hoje, faço algumas considerações sobre como parar, refletir e agir de maneira consciente, pode proporcionar mais  assertividade nos períodos de grandes desafios da vida.  

Parar em alguns momentos pode ser satisfatório 

Muitas vezes, os problemas e tristezas aparecem em nossa vida “sem aviso prévio”. E quando menos esperamos surge a demanda de enfrentá-los. 

Seja o luto pela perda de alguém próximo, um acidente, a demissão de um trabalho no qual você se empenhou por anos, um divórcio, entre outras inúmeras situações demandam posicionamentos e desencadeiam a necessidade de mudanças.  

Nesses ou em outros momentos da vida, em que somos naturalmente solicitados a transformações pessoais e emocionais, é comum vivenciarmos um turbilhão de sentimentos. E com isso, há uma tendência de nos sentirmos desnorteados, sem saber como agir. 

As situações inusitadas e angustiantes são por vezes de difícil compreensão ampla. Nesse sentido, o ideal é parar por alguns instantes. 

Procure um ambiente mais tranquilo, onde seja possível organizar melhor seus pensamentos, para que você possa ter uma melhor percepção da situação que se está vivenciando.   

Refletir sobre os diversos aspectos que envolvem o problema.

Em meios aos desafios, é difícil ser racional. Mas se permitir  reflexões é de fundamental importância para a tomada de decisão, quando necessária, e assim, desenvolver as mudanças pessoais demandadas pela situação.   

Sugiro que você comece a fazer um pequeno exercício. Observe o personagem que você é e quem são os outros personagens dentro da situação que você está vivenciando. 

Um exemplo prático, seria a situação de um divórcio, por exemplo. Se o seu companheiro (a) está entrando com o pedido do divórcio:

  • Quais os motivos o levaram a fazer a este pedido? 
  • Quem são as pessoas que estão envolvidas nesse processo? Companheiro (a), filhos, uma terceira pessoa? 
  • Quais os impactos positivos e negativos este pedido irá a acarretar?
  • E principalmente, qual aprendizado você pode tirar dessa experiência?  

Quando você se distancia e observa a situação sobre um novo prisma, é possível ter uma maior capacidade de compreensão e de aceitação do problema. E a partir disso, encontrar maneiras mais criativas e eficientes de lidar com a situação. 

A pausa para reflexão, promove e permite tomar decisões conscientes, que cooperem para a sua qualidade de vida e também das pessoas envolvidas.  

Seguir em frente em meio aos desafios 

Todos nós em diferentes momentos de nossas vidas precisamos encarar desafios, às vezes, mais simples outros mais complexos. 

Este processo reflexivo somado ao entendimento do problema, são vitais para construção da mudança e seguir em frente.

Por isso, poder contar com o apoio profissional através da Psicoterapia Individual,  de Casal ou Família, nesses e outros períodos de maior ou menor complexidade ao longo da vida, é algo bastante enriquecedor.  

Para conhecer melhor sobre como funcionam os processos terapêuticos, entre em contato conosco.  


“Olá, muito prazer eu sou Jussara Estela Arthuso, Psicóloga e sou a responsável pelo Espaço Entre Olhares. Nosso objetivo é acolher e favorecer a transformação  na vida de cada uma das pessoas que buscam os serviços citados na Página Para Você aqui do site. Os artigos publicados aqui, ajudarão você na melhoria da qualidade dos relacionamentos e espero que as minhas palavras possam te trazer o conforto e as soluções que você busca. Se você gostou ou mesmo se ficou com alguma dúvida, aproveite para deixar o seu comentário no Fale Comigo, aqui na página”.

WhatsApp chat